segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

A ilustração (genial) já vale a visita...

a esse blog do Ricardo Cavallini.









Ilustração: Marcelo Braga.
Ricardo e Marcelo, me desculpem a apropriação, mas adorei tanto que precisava divulgar e dar os devidos créditos...

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Bate papo sobre teatro


Adaptações de programas de TV para teatro vistas pelos seus diretores













Teatro infantil "importa" sucessos da TV

Dia das Crianças é deixa para estréia de ‘Sítio do Picapau Amarelo’ e ‘Castelo Rá-Tim-Bum’, que se juntam a ‘Cocoricó’

"Hoje em dia, quanto menos risco você correr, melhor; quando você faz um espetáculo inédito, parte quase do zero", diz diretor de "Sítio"

LUCAS NEVES
DA REPORTAGEM LOCAL

Recado aos pais: não se espantem ao passar os olhos pelos títulos "Castelo Rá-Tim-Bum", "Sítio do Picapau Amarelo" e "Cocoricó" no roteiro de teatro infantil do Dia das Crianças. Vocês não foram parar acidentalmente na programação de TV; eles é que saíram de lá para os palcos paulistanos.
No próximo fim de semana, as turmas de Nino e Narizinho disputarão as atenções da garotada com Julio e sua trupe de bonecos (em cartaz desde 13/ 9). Diretores e produtores têm visões diferentes sobre essa abundância de montagens baseadas em grifes consagradas na televisão -só o "Sítio" está fora do ar atualmente.
Roberto Talma, diretor da peça decalcada das criações de Monteiro Lobato (e também da primeira fase do "remake" da série, em 2001), é taxativo:
"Hoje em dia, quanto menos risco você correr, melhor. Vamos supor que haja de 30 a 40 mil pais que levarão os filhos para assistir pelo fato de terem conhecimento [da história]. Digamos que gostem e espalhem. A gente então consegue fazer um movimento grande. É diferente quando você faz um espetáculo inédito e parte quase do zero. O universo de espectadores possíveis é muito pequeno. Tem de contar com a sorte."
Mira Haar, diretora e produtora de "Castelo Rá-Tim-Bum: Onde Está o Nino?", diverge. "É preciso correr riscos, sim, para se criar algo novo."
Mas trata-se aqui da remontagem de uma produção de 97.
"Eu trabalho por porcentagem de bilheteria. Estou correndo risco. Não vim aqui a negócio. Claro que [o risco] não é tão grande, porque as pessoas amam o "Castelo Rá-Tim-Bum", temos a garantia de que o programa está no coração delas. O desafio é não pasteurizar, diante de tanta tecnologia", avalia ela, que se valerá de efeitos visuais para encenar truques de mágica não vistos no seriado.

"Não é caça-níquel"
Fernando Gomes, autor, diretor e manipulador de bonecos de "Cocoricó, uma Aventura no Teatro", afirma que o projeto de levar os personagens ao teatro nasceu junto do programa de TV, em 1996:
"Nunca pensei: "Vamos fazer [no teatro] uma coisa de televisão porque isso terá mais público. Juro que tem muito de poesia, desse sonho de 12 anos. Definitivamente, não é um caça-níquel, até por que abri mão dos hits da série em favor de músicas que se inserissem no contexto do espetáculo."
Ele diz que a peça demorou a sair do papel pois, sempre que havia um produtor interessado, "as ideologias eram diferentes das minhas". "Queriam montar em teatro grande, com telão, ou botar atores fantasiados como os personagens [no programa, só há bonecos]. Eram propostas que me envergonhavam. Nunca quis enganar o público."
Problema parecido teve Haar ao tentar comprar os direitos de "Vila Sésamo" no ano passado. "Disseram que tinha de ser show. Isso eu não topo, porque só se ouve uma música e se vê um boneco "cabeção". Gosto é de fazer teatro."
Teatro que resulta fidelíssimo à matriz televisiva.

Mesmo intérprete
Em "Onde Está o Nino?" (sobre os efeitos de uma mágica do personagem-título no meio ambiente), a grande "importação" da TV foi justamente o intérprete original, Cássio Scapin -ok, há também Luciano Amaral, o Pedro do programa, que agora é assistente de direção.
O co-criador do seriado, Flávio de Souza, foi outro a fazer a transição -ele assina a dramaturgia. Idem para a trilha de André Abujamra, Arnaldo Antunes, Hélio Ziskind e outros.
No "Sítio" (costura dos livros "Reinações de Narizinho" e "O Picapau Amarelo" com pílulas biográficas de Lobato), além de Talma, a figurinista (Helena Araújo, da primeira versão da série, nos anos 70) pulou da telinha para o palco. Não é pouco o que os produtores prometem: cenário monumental, projeções 3-D, bonecos eletrônicos e vôos sobre a platéia.
É "Cocoricó" que parece mimetizar com mais exatidão seu "primo" televisivo: autor, equipe de manipuladores de bonecos e canções são os mesmos. Tudo para mostrar o alvoroço causado em Cocorilândia pela passagem de um OVNI.


quarta-feira, 17 de setembro de 2008

quinta-feira, 3 de julho de 2008

Qual é, bicho?

Clipe final do programa "Qual é, bicho?"
video
Com:
Joyce Roma
Rafael Chagas
Hugo Picchi (Lino)
Débora Vivan (atriz convidada)

Música: "Viva o Amor" de Fernando Salém

Direção: Fernando Gomes

Produção: TV Cultura 2006

Teleton

Tonzinho
video
Confecção, manipulação e voz

terça-feira, 1 de julho de 2008

Filme Yakult

Prof. Lactobacilos
video
Manipulação: Fernando Gomes e Álvaro Petersen
Voz: Fernando Gomes
Criação e confecção do boneco: Sílvio Galvão
Direção: Jerê Moreira

quarta-feira, 11 de junho de 2008

quinta-feira, 5 de junho de 2008

A Lata Lá

Direção, Criação, Manipulação  e Confecção de Bonecos

video
Música de Hélio Ziskind
Manipulação e vozes:
Álvaro Petersen - Dito e Oriba
Eduardo Alves - João e Lola
Enrique Serrano - Feito, Martelo e Toquinho
Fernando Gomes/Carlota Joaquina - Júlio
Hugo Picchi - Alípio
Magda Crudelli = Lilica, Patavina e Mimosa
Neusa de Souza = Zazá e Caco

quarta-feira, 7 de maio de 2008

Prix Jeneusse



"Cocoricó" recebeu em 2003 o prêmio "Prix Jeneusse" de melhor programa infantil latino-americano para crianças de 0 a 6 anos.

terça-feira, 29 de abril de 2008

Kevin Clash no Brasil (2007)

Kevin passou pelo Brasil em maio de 2007 durante o processo de escolha dos manipuladores da versão brasileira do Vila Sésamo, e nessa visita não só conheceu o Júlio como "brincou" com ele no estúdio.



Depois dessa experiência Kevin deu uma entrevista à Cooperativa Paulista de Teatro. Segue abaixo o trecho onde recebi o maior elogio de minha vida.

Entrevista com Kevin Clash

Você esteve no Brasil recentemente devido a uma nova montagem do “Vila Sésamo” que será realizado pela “TV Cultura” e teve a oportunidade de conhecer um pouco da produção e do programa “Cocoricó”. Você chegou a conhecer outros trabalhos e produções brasileiras com bonecos? Qual sue opinião sobre essas produções?

You’ve recently been in Brazil for a remake of Sesame Street which will be made by Cultura Channel and I suppose you’ve had the opportunity to get to know a little about the production of the programme “Cocoricó”. Did you get to know any other work, programme or national production focused on puppets? Which is your opinion about these programmes?

KEVIN: O que eu tenho visto é muito bom, especialmente o intérprete Fernando Gomes, a quem eu chamo de o Jim Henson do Brasil. Ele além de muito talentoso é um intérprete multifacetado.

WHAT I HAVE SEEN IT IS TOP NOTCH. ESPECIALLY THE PERFORMER FERNANDO GOMES. WHO I CALL THE JIM HENSON OF BRAZIL WHO IS A VERY TALENTED AND WELL ROUNDED PERFORMER.

Clipe Cocoricó - Óculos

Direção, criação, confecção e manipulação de bonecos

video
Música: "Óculos" de Hélio Ziskind
Manipulação e vozes:
Álvaro Petersen: Oriba e Dito
Eduardo Alves: Lola
Enrique Serrano : Toquinho, Feito e Menino
Fernando Gomes/Carlota Joaquina: Júlio e Homem das Cavernas
Hugo Picchi: Alípio e Astolfo
Magda Crudelli: Lilica
Neusa de Sousa: Zazá e Caco

TVzinha Pão de Açúcar

Criação e Direção

video


Roteiro: Fernando Salém
Música: Ivan Rocha
Confecção do bonecos: Jésus Sêda
Manipulação e voz:
Álvaro Petersen
Enrique Serrano
Fernando Gomes
Magda Crudelli

domingo, 30 de março de 2008

Garibaldo - Vila Sésamo

Manipulação e Voz do Garibaldo para Programa de TV 






Foto: Joyce Roma

Sésame Street in N.Y.













Caroll Sppiney e "Oscar"












Caroll Sppiney e "Big Bird"












Kevin "Elmo" Clash












"Ernie" e "Bert"











                                           Photo: Kevin Clash




Folha de São Paulo - Publicidade

Criação, Confecção e Manipulação 
video


Brad Pig - Publicidade

Criação e Confecção do Personagem Brad Pig

video
Manipulação e Voz: Álvaro Petersen

Vaca Fantasia

Boneco fantasia para vídeo interno - Nestlé

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Clipe Cocoricó - Direção

Direção, criação de bonecos, confecção e manipulação
video
Música: "Cultura Hip Hop" de Hélio Ziskind
Manipulação e vozes:
Álvaro Petersen: Dito
Eduardo Alves: João
Enrique Serrano: Feito e Martelo
Fernando Gomes/Carlota Joaquina: Júlio
Hugo Picchi: Alípio
Magda Crudelli: Lilica
Neusa de Sousa: Zazá

Participação MUITO especial: TIKKA, fazendo as mãos do João durante o grafite.

Bichos da Ford - Publicidade

Criação, confecção e manipulação dos bonecos



Cocoricó - TV Cultura

Confecção e manipulação dos bonecos



X-Tudo - TV Cultura


Criação do boneco, confecção e manipulação




















Coisas de Família

video
Roteiro, direção, confecção e manipulação de bonecos

Agente G - TV Record



Direção, criação, confecção e manipulação de bonecos.