sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

TV Cocoricó

Pois é, neste sábado, dia 28/12/2013 o nosso TV Cocoricó "fecha as portas". Termina mais um ciclo, infelizmente para alguns… (eu arriscaria dizer que pra grande maioria, ou quase para todo mundo que tem filhos, gosta dos personagens e procura programas com alguma qualidade e conteúdo para os pequenos). Mas a vida é assim…
Tenho certeza de que todos envolvidos se despendem de cabeça erguida, com a certeza de missão muito bem cumprida. Pouquíssimos programas sobreviveram tanto tempo no ar com o mesmo respeito, admiração e carinho do público. Buscamos nesses anos todos buscar desafios e nos reinventarmos. Nunca "sentamos" em cima de uma fórmula que já tinha dado certo ou nos acomodamos buscando o menor esforço.
O Júlio e essa turma inteira de bonecos meio malucos, mas muito divertidos, só sobreviveram até agora porque esse é um programa que TODOS envolvidos amam fazer e sempre foi assim desde seu nascimento. Roteiristas, produção, elenco, músicos, cenógrafos, figurinistas, equipe técnica, enfim, todos envolvidos guardam um certo orgulho de um dia ter feito parte da família "Cocoricó". E olha que esse era um privilégio que não era para poucos. Quem quis participar dessa família sempre foi muito bem aceito. Só não entrou nessa família quem não quis.
Com certeza alguém já fez em

um lugar do mundo um programa "ao vivo" de bonecos, com uma hora de duração e diário, mas eu desconheço isso.
Encaramos mais esse desafio e tenho muita honra em dizer que fizemos um bom trabalho. Quem trabalha em TV sabe o quanto pode ser difícil fazer um programa "ao vivo", ainda mais de ficção e ainda mais com bonecos. Fizemos mais de 300 programas e posso dizer que na grande maioria o clima sempre foi leve, divertido, quase uma festa, um prazer de se fazer.
Tivemos também o desafio de receber convidados humanos para baterem um papo com o Júlio e seus amigos, e qual não foi a minha surpresa ao descobrir que grandes (mas grandes MESMO) nomes de nossa música popular ou erudita, dramaturgia, letras, jornalismo, esportes, artes plásticas e tantas outras profissões, passaram pelo programa e mostraram o quanto nossos personagens são queridos e respeitados por aí.
Quantas profissões interessantes foram apresentadas para nossos pequenos. Até astronauta de verdade, da NASA, passou pelo programa.
Então fica aqui o meu mais profundo e sincero agradecimento a todos que de alguma forma ajudaram a colocar um tijolinho nessa construção tão grande chamada Cocoricó.
Fui uma das pessoas mais felizes do mundo durante toda existência desse programa e é por isso que quero fechar essa jornada da mesma forma.
Me divertindo e entregando ao nosso espectador um programa que todos possam ter orgulho.
Valeu Júlio! Obrigado pelos presentes que você me deu.
Valeu Cocoricó!

Um comentário:

Thaty Maia disse...

Meu filho que hoje tem 10 anos tem uma história com o Cocoricó!! Amava demaissss.... Comprei todos os personagens, todos os DVDs, na época encomendava para virem direto de São Paulo, pois aqui no Rio não era fácil encontrar no mercado. Uma grande perda, poderia dizer uma perda irreparável para a cultural brasileira. Obrigado Júlio, Mimosa, Alípio, Zazá, Lola, Lilica, Caco, nosso amado Astolfinho entre tantos outros personagens querido. Parabéns à equipe, um grande beijo de uma mãe que sentirá saudades!!!!